Violência continua em alta e Picos registra décimo homicídio do ano

 Violência continua em alta e Picos registra décimo homicídio do ano

Apesar das informações contrárias dos órgãos de segurança, a violência continua em alta em Picos, onde na madrugada deste domingo, 13 de setembro, registrou o décimo homicídio do ano, o que dá uma média de mais de um assassinato por mês.

A vítima de hoje foi o jovem kaique Gonçalves Ledo, de apenas 24 anos de idade, executado com um tiro quando se encontrava com amigos na Pousada Guaribas, localizada às margens da BR-316, no bairro Belo Norte, em Picos.

Segundo a Polícia Civil do Piauí, o crime ocorreu por volta das quatro horas da madrugada de hoje. A vítima foi abordada no local por dois homens que estavam em uma motocicleta. Um deles desceu do veículo e efetuou um total de três disparos de arma de fogo, sendo que apenas um atingiu Kaique na altura do ombro e ele morreu ali mesmo.

Ainda conforme a Polícia Civil, populares que estavam no local, testemunharam a situação e acionaram o 4º Batalhão da Polícia Militar do Piauí (PM-PI), que isolou a área e aguardou a chegada do Instituto de Medicina Legal (IML), para remover o corpo.

Até o momento, ainda não se sabe a motivação do crime. Kaique não chegou a ser socorrido e morreu no local do crime. Após efetuarem os disparos, os suspeitos empreenderam em fuga. A Polícia Civil vai ficar responsável pela investigação do caso.

Décimo homicídio

Este foi o décimo homicídio registrado em Picos este anos. Antes de kaique, foram assassinados Lucas Luís de Sousa, o Luquinha. Também foi morto um homem cuja identidade não foi fornecida pela Polícia. O crime ocorreu no dia 15 de agosto e a vítima foi alvejada por três tiros quando estava na porta de sua residência, localizada na Vila Custódia.

Também foram assassinados este ano em Picos Manoel Bonfim da Silva, o Martim, 49 anos; Marcone Crisostomo da Silva, Edson Marcos de Sousa, o Nego Filú; Raimundo Nonato Lima, o Zeca Urubu; José Henrique da Silva Santos, Nego Henrique, 32 anos; José Francisco Gomes, Dedé, 45 anos; Iranildo Moura de Alencar, 38 anos e um homem identificado apenas por Fabinho.

Por Informa Picos

Digiqole ad

Matérias relacionadas