Vigilância Sanitária elabora protocolos para reabertura de novas atividades em Teresina

 Vigilância Sanitária elabora protocolos para reabertura de novas atividades em Teresina

A Vigilância Sanitária do município elaborou protocolos com orientações para o processo de reabertura de novas atividades a partir da próxima segunda-feira (27) em Teresina. Celebrações religiosas, atividades físicas ao ar livre, comércio de itens não essenciais e serviços administrativos são alguns dos setores que reabrem nesta etapa.

Conforme os protocolos, apesar da reabertura, as pessoas devem priorizar os serviços online e de delivery, evitando sair de casa para casos que não sejam de extrema necessidade.

Os demais setores desta primeira etapa da fase 2 devem seguir o protocolo geral, elaborado pelos órgãos municipal, estadual e União. As empresas devem reforçar as medidas de higienização, colocação de pias para lavagem das mãos, disponibilizando álcool 70% e mantendo a ventilação do local para que haja circulação de ar.

Comércio

O protocolo também orienta para mudanças na organização das jornadas de trabalho. Pessoas dos grupos de risco devem continuar em casa realizando home office; os horários de trabalho e de almoços ou lanches devem ser flexibilizados para reduzir a proximidade entre os trabalhadores; reuniões devem ser feitas de preferência por videoconferência e deve ser realizado um trabalho de orientação sobre a Covid-19, tanto de trabalhadores como clientes. No caso do comércio varejista, por exemplo, o protocolo orienta que as empresas devem dar preferência às vendas online, por delivery ou drive thru. Devem-se evitar aglomerações, com manutenção da distância mínima entre clientes e evitando sua longa permanência nos estabelecimentos.

O contato entre funcionário e cliente deve ser reduzido, com a instalação de barreiras e fitas de isolamento em frente aos balcões. As superfícies devem ser higienizadas constantemente, bem como os depósitos de mercadorias; e os clientes devem ser orientados a manipular o mínimo possível os produtos a serem adquiridos.

Atividades religiosas

No protocolo das atividades religiosas, entre as medidas de segurança estão a redução de participantes a 30% da lotação máxima, uso obrigatório de máscara por fiéis, celebrantes e coros ou músicos. Deve ser garantido o distanciamento de dois metros entre as pessoas, com marcação e bloqueio de cadeiras se necessário. Se possível, deve ser dada preferência a atividades ao ar livre, assim como a manutenção das transmissões online. Crianças de até 12 anos não devem participar, assim como pessoas dos grupos de risco.

As instituições foram orientadas ainda a manter pias e álcool em gel 70% disponíveis para a população, além de formar grupos encarregados de disseminar as informações entre os frequentadores.

Atividades ao ar livre

Já as atividades ao ar livre só devem ocorrer de forma individual, respeitando o distanciamento. As pessoas devem correr ou caminhar respeitando o distanciamento de 2 metros, evitar compartilhar objetos ou tocar as mãos diretamente no solo, além de sempre usar máscara e manter os cabelos presos. No ciclismo, deve ser mantida uma distância de 20 metros entre cada praticante.

Fonte G1 PI

Digiqole ad

Matérias relacionadas