Trabalhadores em condições análogas à escravidão são resgatados no Piauí

 Trabalhadores em condições análogas à escravidão são resgatados no Piauí

Na tarde da sexta-feira (18) cerca de 19 trabalhadores que estavam submetidos a condições de trabalho análogas a escravidão fora, resgatados em uma propriedade na zona rural de Piracuruca. Segundo informações os trabalhadores dormiam em redes armadas em árvores, e cozinhavam suas refeições de forma improvisada, não havia banheiro ou nenhum tipo de instalação sanitária.

Os trabalhadores estavam há 15 dias no local extraindo palha de carnaúba, sem nenhum registro na carteira de trabalho. Também não possuíam Equipamentos de proteção Individual (EPI´s) para executar o trabalho.

A denúncia foi feita pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag). Após o resgate, os trabalhadores receberam o pagamento das verbas rescisórias e foram emitidas guias para receber o seguro desemprego.

O responsável pelos empregadores e dono do terreno onde a extração acontecia foi autuado. O relatório dos fiscais será encaminhado para a Procuradoria do Trabalho e da República, que podem denunciá-lo à Justiça.


Fonte: G1 Piauí

 

 

Digiqole ad

Matérias relacionadas