Suspeito de jogar gasolina e atear fogo à companheira é preso em São João do Piauí

 Suspeito de jogar gasolina e atear fogo à companheira é preso em São João do Piauí

Um homem foi preso no município de São João do Piauí, cidade a 454 km de Teresina, suspeito de jogar gasolina e atear fogo à própria companheira. Segundo o delegado Luciano Santana, o crime aconteceu no dia 4 de julho e ele foi preso na última segunda-feira (13).

“ELE ESTAVA EM UMA ESTRADA DE SÃO JOÃO DO PIAUÍ E POLICIAIS MILITARES PASSARAM E FIZERAM A ABORDAGEM. QUANDO VIRAM QUE ERA ELE, FIZERAM A PRISÃO”, EXPLICOU.

Luciano Santana disse ao G1 que já havia um mandado de prisão expedido contra o suspeito. Após a prisão, a Justiça decretou a prisão preventiva do homem.

Segundo a decisão, os dois mantiveram um relacionamento por 17 anos e têm três filhos. No último dia 4, por volta das 22h, por conta de uma discussão, a juíza Cássia Lage informou que o processo indica que o homem teria jogado gasolina na companheira e ateado fogo com um isqueiro.

“A materialidade deste delito está evidenciada pelos documentos juntados na representação, como imagens da vítima com queimaduras, além do exame de corpo delito que atesta a gravidade das lesões. As (…) demandam a decretação da prisão preventiva para a garantia da ordem pública, no sentido de evitar a reiteração da prática (…), pois verifico indícios de que o mesmo lesionou gravemente a vítima, provocando nela queimaduras de 2º e 3º grau. (…) A sua liberdade neste momento poderá ocasionar uma nova tentativa de violência em face da vítima, colocando em risco à sua vida. Outrossim, os fatos trazidos pela autoridade policial demonstram uma periculosidade do representado, em especial, contra àquela mesma vítima e o risco concreto de eventuais reiterações”, diz a decisão.

Via G1 PI
Digiqole ad

Matérias relacionadas