Pernambuco- Daielly Pereira Lima poderá ser a primeira vereadora pela causa LGBT de Araripina

 Pernambuco- Daielly Pereira Lima poderá ser a primeira vereadora pela causa LGBT de Araripina

Filiada no Partido Progressista – PP, Daielly Pereira Lima, quer ser a primeira vereadora pela causa LGBT, de Araripina em 2020.

Uma representante da classe poderá ser a primeira vereadora da história no município.

A ideia é investir em uma candidatura que possa de fato representar as Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros, que é uma deficiência na câmara de Araripina.

Daielly é uma jovem de 27 anos, casada há três anos com a enfermeira Ana Cecília Cesário de Sousa, mãe e uma filha exemplar que quer ser uma defensora de diferentes bandeiras como Igualdade, juventude, Maternidade e Direitos LGBTs.

Daielly Pereira Lima, pré-candidata a vereadora em Araripina Pernambuco

“Será uma satisfação muito grande ser a primeira vereadora da classe LGBT da história de Araripina, caso chegue na câmara serei uma mulher combatente e de participação ativa. Em Pernambuco, temos diversos representantes LGBT nas câmaras municipais, porém em Araripina ainda temos essa deficiência. Estou muito empolgada com a ideia e o meu propósito é fazer com que pautas que entendo sejam importantes e discutidas em um possível mandato, como por exemplo, a pauta LGBT, das mulheres, da maternidade, de projetos para a nossa Juventude e diversas outras causas”, afirmou Daielly Pereira Lima , pré-candidata a vereadora de Araripina.

Fonte Fala Pernambuco

Digiqole ad

Matérias relacionadas