Padre e médico de Teresina caem no golpe do WhatsApp; veja como se proteger!

 Padre e médico de Teresina caem no golpe do WhatsApp; veja como se proteger!

Os crimes virtuais aplicados através do aplicativo de mensagens WhatsApp fizeram mais duas vítimas em Teresina, desta vez o padre Isaías Pereira, da Igreja Nossa Senhora de Fátima, na Zona Leste de Teresina, e o médico Victor Lira Carvalho.

Em vídeo para a TV Cidade Verde, o padre explicou que fez uma compra no Instagram de uma empresa e depois fez uma reclamação, sendo informado que entrariam em contato pelo direct, mas quem entrou em contato com ele foi uma conta falsa.

Mesmo com a verificação em duas etapas ativa, caiu no golpe dos criminosos após códigos serem solicitados.

Após clicar num link que chegou o e-mail, o WhatsApp do padre foi clonado e os criminosos se passaram por ele para pedir dinheiro para amigos e familiares, mas ninguém caiu no golpe.

    Reprodução TV Cidade Verde

O médico Victor Lira também caiu no golpe e avisou os amigos sobre o crime através de uma postagem nas redes sociais.

    Reprodução TV Cidade Verde

O delegado Anchieta Nery, da delegacia de crimes virtuais, explicou que esse é um crime difícil de ser investigado, pois normalmente os autores estão em outros estados e os criminosos gastam o dinheiro imediatamente.

“Para se proteger é necessário que você ative a autenticação de dois fatores no aplicativo e nas redes sociais”, recomendou o delegado. Se você receber mensagens de amigos pedindo dinheiro, o ideal é ligar para confirmar o pedido.

Confira alguns vídeos sobre como ativar a autenticação de dois fatores:

180

Digiqole ad

Matérias relacionadas