Mãe encontra filho sequestrado 32 anos depois

 Mãe encontra filho sequestrado 32 anos depois

Li Jingzhi passou mais de três décadas procurando seu filho, Mao Yin, que foi raptado em 1988 e vendido. Ela já havia quase desistido de encontrá-lo, mas em maio ela finalmente recebeu a ligação pela qual esperava há tanto tempo.

Nos finais de semana, Jingzhi e seu marido levavam seu filho Mao Yin ao zoológico ou para outros parques na cidade de Xi’an, que é capital da província de Shaanxi, na região central da China. Uma dessas visitas ficou marcada para sempre na sua memória.

“Ele tinha cerca de um ano e meio na época. Eu levei ele ao zoológico de Xi’an. Ele viu uma minhoca no chão. Ele era muito curioso e apontava para a minhoca dizendo: ‘Mamãe, minhoca’. E quando saíamos do zoológico, ele tinha a minhoca na mão e a colocava na frente do meu rosto”, lembra Jingzhi.

Mao Yin era filho único — a política de filho único da China estava no auge, então não havia a possibilidade de ela ter outro. Ela queria que ele estudasse muito e fosse bem-sucedido, por isso ela o apelidou de Jia Jia, que significa “grande”.

Li Jingzhi e seu filho se abraçam pela primeira vez em 32 anos – Imagem: Getty Images

180

Digiqole ad

Matérias relacionadas