Firmino diz que reabertura pode retroceder se contágio aumentar

 Firmino diz que reabertura pode retroceder se contágio aumentar

Na manhã desta quinta-feira (16), durante videoconferência, o prefeito Firmino Filho (PSDB) falou da preocupação com o aumento na taxa de transmissibilidade e com o crescimento de 39% no contágio da Covid-19 em Teresina.

Segundo o gestor, o estudo estima que a capital registrou 217.673 casos positivados da doença, o que indica 25.11% da população, sendo 21 vezes maior do que os números oficiais de casos confirmados .

Os dados foram apresentados pelo gestor na 13ª rodada da pesquisa sorológica realizada pela prefeitura. “Nós tivemos crescimento dos casos positivados e são duas hipóteses. A primeira é que foi a semana de reabertura quem provocou maior circulação do vírus e mais contágios. A segunda é que a queda das últimas semanas estava equivocada”, explicou Firmino.

  • Foto: Divulgação/PMTPrefeito Firmino FilhoPrefeito Firmino Filho

Mesmo com o resultado do levantamento, o gestor disse é preciso esperar uma nova pesquisa para confirmar ou não a tendência e que a segunda etapa da primeira fase da retomada econômica está mantida para a próxima segunda-feira, 20 de julho. Essa fase da reabertura abrange as concessionárias de veículos e lojas de autopeças.

De acordo com Firmino, se o próximo levantamento confirmar uma hipótese de aumento provocado pela reabertura das atividades, o calendário da retomada poderá retroceder.

“Os setores mais agitados funcionam em delivery. A segunda etapa inclui concessionárias dos carros, não tem aglomeração. As lojas de autopeças só em regime de delivery. Vamos continuar observando. Se for confirmado, podemos retroceder”, disse o prefeito.

Sobre a taxa de transmissibilidade (R0), o prefeito explicou que apresentou um aumento,  R0 voltou a ficar acima de 1, atingindo 1,14, sendo que na última pesquisa o R0 estava em 0,72.

Covid-19 em Teresina

Segundo a Fundação Municipal de Saúde, Teresina registrou mais 256 novos casos e 11 óbitos por Covid-19 nas últimas 24 horas. De acordo com dados divulgados, nessa quarta-feira (15), pelo Comitê de Operações Emergenciais em Saúde Pública (COE) da FMS, a capital contabiliza 12.890 casos confirmados e 567 óbitos pelo novo coronavírus. O número de pessoas recuperadas chegou a 2.617.

vi agora

Digiqole ad

Matérias relacionadas