Em quatro meses de pandemia, cerca de 3 milhões de pessoas ficam sem trabalho no país

 Em quatro meses de pandemia, cerca de 3 milhões de pessoas ficam sem trabalho no país

Nos últimos quatro meses, que o país passa começou a pandemia de covid-19, cerca de 3 milhões de pessoas ficaram sem trabalho. Na quarta semana de julho, a taxa de desocupação chegou a 13,7%, o que corresponde a quase 13 milhões de pessoas. Os dados são da edição semanal da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Mesmo com a reabertura de serviços e estabelecimentos comerciais, quase 41 milhões de brasileiros estão sem emprego de acordo com a pesquisa. O grupo de pessoas que gostaria de trabalhar, mas não procurou emprego por causa da pandemia ou por falta de trabalho perto de casa, somou 18,5 milhões. Já a informalidade atinge mais de 27 milhões de pessoas.

Em relação aos sintomas de covid-19, a pesquisa mostra que dos 13,3 milhões de pessoas que se queixaram de síndrome gripal, 3,3 milhões buscaram atendimento médico.

Fonte Ceara Agora

 

Digiqole ad

Matérias relacionadas