Dor nas costas: casos aumentam na quarentena

 Dor nas costas: casos aumentam na quarentena

O sedentarismo e a postura inadequada contribuem para o surgimento de um grande incômodo: a dor nas costas. Com o isolamento social por conta do coronavírus, muitos precisaram trabalhar em casa sem a estrutura adequada, deixando de lado também a prática de atividade física.

Por conta disso, o problema surgiu ou se agravou. Pesquisa da Fiocruz destaca que 41% das pessoas passaram a sentir dores nas costas.

E muitos desses casos estão associados com a falta de estrutura para o home office, exigindo adaptações incorretas. Com a postura errada, o corpo acaba ficando mais vulnerável para o aparecimento das lesões.

Alerta

Além da necessidade de um ambiente adequado para trabalhar, é importante consultar um médico quando o incômodo aparece. Afinal, um dos grandes problemas é que as pessoas ignoram as dores. Essa atitude é perigosa, já que a lesão pode se agravar sem o tratamento necessário.

Alguns hábitos simples ajudam a prevenir o problema. No espaço adaptado para o trabalho, mantenho os pés e os braços apoiados. Periodicamente, promova alguns intervalos para levantar e caminhar pela casa. É importante também deixar o sedentarismo de lado. Por isso, realize alguns exercícios simples em casa.

Fonte: Estadão Conteúdo

Digiqole ad

Matérias relacionadas