Deputado Assis Carvalho morre aos 59 anos após sofrer infarto

 Deputado Assis Carvalho morre aos 59 anos após sofrer infarto

O deputado federal Assis Carvalho (PT-PI) morreu após sofrer um infarto neste domingo (5), na cidade de Oeiras, a 290 km de Teresina. A informação foi confirmada por sua assessoria.

De acordo com a assessoria, ele estava em casa, na cidade de Oeiras, de onde é natural, quando sofreu o infarto. Ele seria transferido para Teresina, mas acabou falecendo em sua cidade natal. Ainda não há informações sobre velório ou sepultamento.

O governo do estado declarou luto oficial de três dias, no Piauí, pelo falecimento do deputado.

O Governo do Estado do Piauí manifesta profundo pesar pelo falecimento do deputado federal Francisco de Assis Carvalho Gonçalves, ocorrido na tarde deste domingo (5).

Assis Carvalho foi também deputado estadual, presidente da Agespisa, diretor geral do Detran e secretário de Estado da Saúde. Atuante no movimento sindicalista, filiou-se ao Partido dos Trabalhadores e era uma das principais lideranças da legenda no Piauí e atual presidente do diretório estadual.

Neste momento de dor, em nome dos piauienses, o governador Wellington Dias se solidariza com os familiares e amigos de Assis Carvalho e decreta luto oficial de três dias.

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), também declarou luto de três dias na cidade:

Lamento muito a morte repentina do deputado Assis Carvalho. Num momento em que precisamos ainda mais dos que amam e defendem os interesses do nosso Estado, perder um deputado que sempre levantou a nossa bandeira é uma perda muito significativa. Que Deus console a família e os amigos. Que a gente saiba valorizar quem sempre esteve ao lado do Piauí. Em homenagem ao trabalho prestado à Teresina, decretamos luto por três dias na cidade.

Histórico

O deputado tinha 58 anos e era formado em Letras-Português pela Universidade Federal do Piauí. Chegou a trabalhar como bancário, quando iniciou em movimentos populares pelos direitos dos trabalhadores.

Foi eleito deputado federal três vezes (2010, 2014 e 2018) e deputado estadual uma vez (2006). Foi também secretário de saúde do Piauí, diretor do Detran e presidente da Agespisa.

Fonte: G1

Digiqole ad

Matérias relacionadas