Deputado Assis Carvalho morre aos 59 anos após sofrer infarto em Oeiras

 Deputado Assis Carvalho morre aos 59 anos após sofrer infarto em Oeiras

O deputado federal e presidente estadual do PT, Assis Carvalho, morreu na tarde deste domingo (5) após sofrer um infarto e ser internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Oeiras. O parlamentar tinha 59 anos e enfrentava problemas cardíacos. 

Segundo apurou o Cidadeverde.com, o parlamentar sofreu cinco paradas cardíacas desde às 15h, quando passou mal. 

O deputado estava em seu sítio quando passou mal e teve de ser levado para a unidade de pronto atendimento. A esposa de Assis Carvalho acompanha o deputado.

Em 2012, o parlamentar federal teve um princípio de infarto e em 2019 também teve complicações no coração. Assis Carvalho tem problemas cardíacos e já passou por procedimentos cirúrgicos.

De acordo com a direção do Hospital Regional Deolindo Couto (URDC), a equipe de socorristas ainda tentou estabilizar o deputado para ser transferido para Teresina via SAMU aéreo.

A morte do deputado federal comove a cidade e moradores já começam a se reunir em frente à unidade de saúde.

Assis Carvalho iniciou suas atividades no movimento sindical. No Sindicato dos Bancários ao lado do atual governador Wellington Dias (PT) e Regina Sousa, vice-governadora, atuaram em defesa dos direitos dos trabalhadores dos bancos.

No governo Wellington Dias, Assis foi diretor do Detran, presidente da Agespisa e Secretário Estadual de Saúde. Em 2006 foi eleito deputado estadual pelo PT e em 2010 conseguiu chegar a Câmara Federal. Ele estava no terceiro mandato de deputado federal. Foi presidente do PT e conseguiu se reeleger. Assis é amigo pessoal do governador e um militante histórico do PT.

Velório restrito

O corpo do deputado Assis Carvalho está sendo velado de forma restrita apenas pelos familiares em seu sítio, que fica a 4km de Oeiras, devido a pandemia do novo coronavírus.

Nesta segunda – às 7h – o corpo irá para a funerária no Centro para despedidas também de familiares. Logo em seguida será sepultado em Oeiras.

Nota da UFPI

Administração Superior da Universidade Federal do Piauí lamenta o falecimento do Deputado Federal Assis Carvalho (PT).
A UFPI é grata por todas as vezes em que solicitou, e recebeu, de Assis Carvalho, emendas aplicadas na instituição e pelo sua luta em defesa de uma universidade pública gratuita e de qualidade, na Frente Parlamentar Mista pela Educação.
Neste momento de dor, nos solidarizamos com seus familiares e amigos, ratificando nosso voto de pesar pela grande perda e nossos agradecimentos à dedicação e trabalho prestados ao Piauí.

Prefeito de Teresina, Firmino Filho, lamentou a morte de Assis Carvalho e decretou luto de três dias na cidade. 

O governo do Estado também decretou luto de três dias e divulgou nota de pesar: 

O Governo do Estado do Piauí manifesta profundo pesar pelo falecimento do deputado federal Francisco de Assis Carvalho Gonçalves, ocorrido na tarde deste domingo (5).

Assis Carvalho foi também deputado estadual, presidente da Agespisa, diretor geral do Detran e secretário de Estado da Saúde. Atuante no movimento sindicalista, filiou-se ao Partido dos Trabalhadores e era uma das principais lideranças da legenda no Piauí e atual presidente do diretório estadual.

Neste momento de dor, em nome dos piauienses, o governador Wellington Dias se solidariza com os familiares e amigos de Assis Carvalho e decreta luto oficial de três dias.

Pêsames da Assembleia Legislativa do Piauí: 

A Assembleia Legislativa do Estado do Piauí, deputados e servidores, lamentam, com profundo pesar, o falecimento do deputado federal e ex-deputado estadual Assis Carvalho, ocorrido na tarde deste domingo (5), em Oeiras, sua terra natal.

Veja na íntegra aqui

Governador Wellington Dias relembrou lutas com Assis Carvalho e disse que sua morte é “um golpe duro”.  Leia aqui

Valmir Macedo e Yala Sena
redacao@cidadeverde.com

Digiqole ad

Matérias relacionadas