Casos de coronavírus crescem 17% em Teresina, menor evolução desde abril

 Casos de coronavírus crescem 17% em Teresina, menor evolução desde abril

O prefeito Firmino Filho (PSDB) divulgou nesta quarta-feira (24/06) a décima etapa da pesquisa de investigação sorológica realizada pela Fundação Municipal de Saúde (FMS), por meio do Instituto Opinar, para mensurar o índice de infecção pelo novo coronavírus em Teresina.

Os dados apontam crescimento de 17% nos casos positivados em relação à semana passada, a menor evolução registrada desde o início da série de pesquisas.

A estimativa é que a infecção por Covid-19 já atinge 18,11% da população – 156.623 pessoas. Número 35 vezes maior que o número de casos notificados oficialmente pela FMS.

Aos jornalistas, durante videoconferência, o prefeito ressalta que a doença continua em expansão na cidade, mas não como no início.

— Nesta última semana houve ainda crescimento, mas uma taxa bastante menor. O que nos dá um indício, não é uma prova, de que eventualmente estamos na parte da curva que está cansada, crescendo, mas cada vez de forma menos intensa — explica Firmino.

Já a taxa de reprodução da doença, que indica quantas pessoas pode ser infectadas por um indivíduo portador do vírus, teve ligeiro crescimento. De 0,83 registrado na semana passada, chegou a 1,06 nesta etapa da pesquisa. A décima etapa do levantamento foi realizada entre os dias 19 e 21 de junho com a aplicação de 900 testes.

Fonte:180graus

Digiqole ad

Matérias relacionadas